Terça-feira, 01 DE Fevereiro 2011

 

Cerca de 100 pessoas ligadas a várias organizações de defesa dos direitos dos animais estiveram esta manhã junto à Câmara Municipal de Lisboa protestando contra a política de abate seguida pelos canis municipais e defendendo a esterilização.

"Em Portugal está estimado em mais de 100 mil o número de animais que são mortos por ano em todos os canis do país", disse à Lusa Margarida Garrido, responsável pela Campanha de Esterilização de animais abandonados, que conta, entre outras figuras públicas, com o apoio da antiga maratonista Rosa Mota.

Segundo Margarida Garrido, "a forma de acabar com estes abates e com o abandono que está na origem dos abates é através da esterilização", pelo que já foi feito um abaixo assinado envolvendo "200 personalidades" que foi entregue ao ministro da Agricultura, António Serrano, estando agendada uma reunião com o secretário de Estado das Florestas, Rui Pedro Barreiro, no dia 28 de fevereiro.

"No abaixo assinado pede-se ao ministro da Agricultura para que a Direção Geral de Veterinária lance uma campanha nacional de esterilização de cães e gatos", revelou a responsável.

Por seu turno, Margarida Neto, fundadora do FADA (Fundo Alimentar de Defesa Animal), e organizadora do protesto que hoje ocorreu, segundo a própria, além de Lisboa, noutras cidades como o Porto e o Funchal, salientou que "existem em Portugal canis que não abatem".

 

Fonte: DN

 

publicado por Lugar dos Animais às 23:08
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
16
17
18
21
23
24
25
26
27
pesquisar neste blog
 
arquivos
2011
2010
Contacto
lugardosanimais@sapo.pt
Publicação de Posts
Se quiserem ver algum post publicado neste blogue sobre animais e só enviarem para o e-mail.