Sexta-feira, 11 DE Fevereiro 2011

Prevenção pode evitar gastos dos donos nas cirurgias

 

O cancro da mama é a doença oncológica mais prevalente nos animais de companhia e representa cerca de 50% das neoplasias em cadelas.

 

Luís Montenegro, médico veterinário, refere que “em Portugal há ainda um grande desconhecimento face aos tumores nos animais e à prevenção que pode ser feita, por exemplo no cancro da mama, o mais prevalente”. A esterilização do animal, em idade jovem e preferencialmente antes do segundo cio, não havendo objectivos reprodutivos por parte do dono, é uma das melhores formas de evitar o aparecimento deste tipo de cancro.

 

Segundo o veterinário “esta hipótese vai prevenir o sofrimento do animal e é também uma opção que sairá mais económica para o dono, porque evita tratamentos para o cancro, como a cirurgia e a eventual quimioterapia, que são muito dispendiosos.”

 

Se houver a intenção de criação, o dono deve estar atento a sinais que podem significar que o seu animal de estimação não está bem de saúde. Luís Montenegro explica que “é importante a vigilância rotineira da mama, verificar se há pequenos nódulos porque se o tumor for detectado quando tem o tamanho de um bago de arroz a cirurgia vai resolver o problema. O dono deve também controlar se há uma alteração súbita do comportamento que inclua perda de apetite; perda de vitalidade ou falta de vontade para se exercitar, para que o cancro seja detectado em fases iniciais e possa haver uma actuação atempada do veterinário.

 

A incidência de cancro nos animais de companhia aumentou, nos últimos anos, a uma grande velocidade e é já a causa de morte não acidental mais comum. Por esta razão, e por haver uma necessidade de actualizar e ampliar o conhecimento dos profissionais do sector, o VII Congresso Veterinário e o I Congresso de Enfermagem Veterinária, que decorrem entre os dias 12 e 13 de Fevereiro em Santa Maria da Feira, dedicam-se, exclusivamente à temática da oncologia nos animais.

 

O objectivo, segundo Luís Montenegro, que é também o organizador do congresso, “é fornecer ao médico veterinário e ao enfermeiro um conhecimento amplo sobre a oncologia, de maneira a que estes ofereçam uma correcta assistência quando se depararem com uma situação de cancro”.

 

O Congresso Veterinário e de Enfermagem Veterinária é o maior evento da área da saúde animal organizado em Portugal e recebeu o ano passado mais de 1200 congressistas, entre os quais esteve um número significativo de profissionais do sector internacionais. Luís Montenegro refere “este é um evento que tem vindo a promover a região do Grande Porto internacionalmente”.

Informação: Mariana Cabral

publicado por Lugar dos Animais às 20:09
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
16
17
18
21
23
24
25
26
27
pesquisar neste blog
 
arquivos
2011
2010
Contacto
lugardosanimais@sapo.pt
Publicação de Posts
Se quiserem ver algum post publicado neste blogue sobre animais e só enviarem para o e-mail.