Domingo, 26 DE Dezembro 2010

 

Origem: Médio Oriente e Europa do Leste
Esperança de vida: 3 a 5 anos
Família: Cricetinae

Tamanho:

5 para 35cm

 

Historia

O seu nome vem do alemão hamster que significa recolher, guardar. Na verdade, este pequeno animal passa o dia a juntar grãos, pedaços de fruta, raízes, larvas e pequenos insectos. Guarda-os cuidadosamente nas bochechas, depositando-os de seguida em local seguro.

Inicialmente utilizados em laboratórios pela sua extrema capacidade em interagir com o Homem, os hamsters são agora um procurados como animais de estimação.

 

Alojamento 

Em ambiente doméstico deve ser proporcionado um local protegido do frio e do calor excessivos e das correntes de ar. A sua gaiola deve ter espaço para dormir, alimentar-se e o seu fundo forrado com pequenos e finos pedaços de madeira (não resinosa). A gaiola deve ser colocada em ambientes sossegados, longe de outros animais de estimação, como cães e gatos.

Existem vários tipos de gaiolas, sendo as mais comuns, as de arame e as de tubos. As primeiras são menos dispendiosas, mas não são tão divertidas para os animais, permitem contudo uma melhor ventilação.

Independentemente da gaiola que compre, deve equipá-la com rodas, argolas, tubos transparentes, escadas e pontes para que o hamster se possa exercitar. O exercício é fundamental para os hamsters, especialmente se se tratar de raças com alguma tendência para engordar.

Nunca tenha muitos hamsters numa mesma gaiola pois para além do stress provocado, estes animais envolvem-se muitas vezes em quezílias e lutas. Para evitar o cheiro desagradável da urina deve lavar o alojamento do seu hamster frequentemente.

 

Dimenções mínimas de uma gaiola apropriada pa Hamsters 

Largura: 40cm x 30cm

Altura: 25 cm

 

Dicas:

  • As gaiolas mais seguras possuem arames horizontais e não verticais

  • Os hamsters apreciam muito os túneis de extenção da gaiola, porém não caia em exageros.

  • Os hamsters necessitam de uma boa ventilação para poderem respirar, por isso não é aconselhavel escolher gaiolas que sejam demasiado fechadas.

Equipamentos essenciais

Recipiente para a água, roda, comedouro, caixa de transporte, "ninho", esfera de exercício, areia de banho e suporte, túneis e brinquedos.

 

Alimentação 

No mercado facilmente se encontram rações preparadas para um correcto equilíbrio calórico e vitamínico. Apesar disso, é saudável para estes animais comerem alguma fruta ou vegetais, desde que sejam introduzidos gradualmente na sua dieta e não se tornem um substituto da ração. Alguns alimentos que se podem dar aos hamsters são: alfafa, maça (sem sementes), coentros, cenoura, pepino, couve, batata cozida, dentes-de-leão, etc.

Deve ser prestada especial atenção a estes alimentos, pois os hamsters geralmente têm o hábito de formar provisões de comida em cantos escondidos das gaiolas. Os alimentos perecíveis devem ser logo comidos pelo hamster ou então retirados da gaiola. As verduras não devem ser cultivadas com recurso a pesticidas ou herbicidas, uma vez que estes produtos são tóxicos para estes pequenos animais.

 

 

Temperamento

Os hamsters são animais crepusculares, cujo grau de actividade é maior durante o nascer e o pôr do sol.  São animais independentes, mas que reconhecem o dono após pouco tempo de convivência, especialmente se forem manuseados regularmente. Alguns hamsters são conhecidos por morder os donos, mas geralmente estes animais só atacam quando se sentem assustados.
publicado por Lugar dos Animais às 12:10
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
21
22
23
25
27
28
29
pesquisar neste blog
 
Contacto
lugardosanimais@sapo.pt
Publicação de Posts
Se quiserem ver algum post publicado neste blogue sobre animais e só enviarem para o e-mail.